Destaque Cinema Movier Listas | Publicada em: 12/02/2017 Às 5:40 PM
5 Filmes para começar a conhecer o Cinema Europeu
5 Filmes para começar a conhecer o Cinema Europeu (Reprodução)

Muitos cinéfilos ainda se perdem ao tentar conhecer o cinema europeu. E é uma situação totalmente justificável, já que boa parte dessas obras não recebe o devido espaço no Brasil, sendo assolados pelos clássicos americanos. O que muita gente não sabe é que estas obras foram imprescindíveis inclusive para o avanço de Hollywood. Como não citar a influência da Nouvelle Vague francesa na Nova Hollywood (período de ascensão de cineastas como Martin Scorsese, Brian De Palma, Steven Spielberg, Francis Ford Coppola, George Lucas e outros), por exemplo?

» Siga o MOVIER no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

Visando expandir o escopo de quem ainda não conhece o maravilhoso cinema europeu, listamos aqui apenas cinco filmes. Clássicos absolutos que revolucionaram a sétima arte e são referência de cineastas e teóricos até os dias de hoje. As obras estão organizadas em ordem cronológica.

1) O Gabinete do Dr Caligari

De Robert Wiene. Alemanha, 1920.

O Gabinete do Dr Caligari (Dir. Robert Wiene. Alemanha, 1920) – Reprodução

Sabe aquele filme do Tim Burton que você ama pela direção de arte? Pois bem, saiba que saiu tudo do Expressionismo Alemão, desde as influencias do cubismo aos elementos da arte gótica com forte uso de preto no figurino e na maquiagem.

O personagem do título, Doutor Caligari, apresenta um espetáculo de hipnose no interior da Holanda, em uma pequena feira do vilarejo local. Durante seu espetáculo, Caligari hipnotiza Cesare, que faz previsões sinistras sobre os moradores da região.

2) Ladrões de Bicicletas

De Vittorio De Sica. Itália, 1948.
Ladrões de Bicicletas (Dir. Vittorio De Sica. Itália, 1948) - Reprodução

Ladrões de Bicicletas (Dir. Vittorio De Sica. Itália, 1948) – Reprodução

Ainda se recuperando após a Segunda Guerra Mundial, a Italia revolucionou ao introduzir o Neorrealismo no cinema. Marcando a história por levar às telas os problemas ligados a miséria que eram presentes na vida do povo italiano daquele período, Ladrões de Bicicletas é a principal referência do movimento neorrealista.

A obra conta a história de Antonio Ricci, homem desempregado que, com muito sofrimento, consegue comprar uma bicicleta para estar apto a trabalhar colando cartazes pelos muros de Roma. Já no seu primeiro dia de trabalho, Ricci tem sua bicicleta roubada, e parte junto de seu filho (Enzo Staiola, em uma das mais incríveis atuações mirins de todos os tempos) para encontrá-la.

O filme é extremamente feliz não só em expor a condição desumana de muitos italianos naquele período, mas também para provocar uma importante reflexão acerca de moralidade, honestidade e sanidade.

3) O Sétimo Selo

De Ingmar Bergman. Suécia, 1956.

O Sétimo Selo (Dir. Ingmar Bergman. Suécia, 1956) – Reprodução

Um dos mais geniais filmes da história do cinema mundial. Nessa obra-prima do colosso Ingmar Bergman, acompanhamos um jogo de xadrez entre um cavaleiro (Max Von Sydow) e a morte.

No meio de seus 96 minutos, temos uma sequência de diálogos sobre religiosidade, moral e morte, numa obra-prima completa que tem como objetivo analisar o medo da morte, inerente a todo ser humano, tema também presente em Morangos Silvestres, outro grande filme de Bergman.

Continuar Lendo a Lista:

  1 2

Discuta a Notícia aqui no site
Disponibilizamos este espaço para comentários e discussões das notícias e conteúdos apresentados aqui no site. Pedimos que o usuário por favor respeite e siga nossas regras para participar. Partilhe sua opinião de forma honesta, responsável e educada, e principalmente, saiba respeitar a opinião dos demais. Vamos construir boas discussões, não brigas e confusões. #Pas

Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.


Obrigado por compartilhar. Assine nossas redes: